Defensoria lança projeto Grupos Reflexivos para Homens Autores de Violência nesta 2ª

A Defensoria Pública da Paraíba (DPE-PB) lança na próxima segunda-feira (9), na Sede Administrativa da instituição, o projeto Grupos Reflexivos de Homens Autores de Violência Doméstica e Familiar. Na ocasião, será apresentada uma palestra voltada a membros, servidores e colaboradores homens da DPE-PB, ministrada pela equipe do projeto. O evento vai acontecer na Sala do Conselho, a partir das 10h,  com a presença de representantes do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e da Secretaria Pública Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), parceiros da iniciativa.
A palestra abordará o tema “Lei Maria da Penha e seus reflexos no universo masculino”. Uma equipe multidisciplinar – que envolve defensor(a), assessor(a) jurídico(a), psicólogo(a) e assistente social – discorrerá sobre aspectos da lei e sobre a violência contra a mulher e suas implicações.

“Esse projeto é uma iniciativa da Defensoria, que contará com o apoio do TJPB e da Seap na formação dos grupos, a partir do encaminhamento dos homens cumpridores de medidas cautelares e alternativas penais. Tratar os homens autores de violência é uma necessidade urgente para ajudar a combater essa chaga social. Decidimos iniciar os trabalhos dentro de casa, conscientizando os homens que trabalham na Defensoria Pública com uma palestra educativa”, explicou a coordenadora do projeto, a defensora pública Josefa Elizabete Barbosa.


GRUPOS REFLEXIVOS – O projeto Grupos Reflexivos de Homens Autores de Violência Doméstica e Familiar tem o objetivo de evitar a promoção de mais ciclos de violência,. além de atuar como uma importante ferramenta no fortalecimento de laços familiares, a partir da disseminação de valores éticos e de respeito à dignidade humana.

O projeto atenderá homens cumpridores de medidas protetivas previstas na Lei 11.340/2006 e crimes primários, e consiste na realização de 12 encontros com discussões pautadas na igualdade de gênero, respeito aos Direitos Humanos e prevenção e combate à violência doméstica e familiar.
A previsão de início das atividades com o primeiro Grupo Reflexivo é no dia 23 de outubro, com término previsto para início de dezembro. A equipe é formada por defensor(a), assessor(a) jurídico(a), psicólogo(a) e assistente social.

Por Daiane Lima e Larissa Claro 

 

Mais Notícias