Conteúdo notícias

» Notícias

DPE sai de dentro dos Fóruns e ganha espaço próprio em vários municípios

Ao fazer um balanço da gestão, a defensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes, destacou a importância de, ao longo dos últimos dois anos, ter impulsionado a retirada de representações da Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB) de dentro dos Fóruns das Comarcas e também ocupado espaços em pequenos municípios do Estado para ficar mais próxima da população.

Segundo Madalena, esse projeto tem por finalidade levar cidadania para a parcela mais carente da sociedade, “o que não é uma tarefa fácil”. Recentemente, ela inaugurou o Termo Judiciário do Município de Gado Bravo, na Comarca de Aroeiras, região do Agreste da Paraíba.

A DPG ressalta que, na Comarca de Aroeiras, que engloba também Gado Bravo, e tem uma população de aproximadamente 28 mil habitantes, a Defensoria Pública possui uma demanda de 800 atendimentos por mês e não tinha local apropriado para o atendimento das pessoas, de forma que os profissionais também pudessem realizar um trabalho eficiente. “Os defensores que atuam na Comarca de Aroeiras não tinham local próprio para proporcionar cidadania às pessoas carentes”, frisou.

Mais conforto – A DPE-PB também ganhou espaços próprios nas cidades de Patos e Sousa, onde agora estão instalados os Núcleos Regionais de Atendimento, e em Cabedelo, onde a Instituição contou com a parceria do Tribunal de Justiça da Paraíba na cessão do imóvel. Na cidade Pirpirituba, onde o atendimento já era feito fora do fórum, a DPE mudou de endereço e ganhou uma sede mais confortável e com acessibilidade.