Conteúdo notícias

» Notícias

DPPB defende duodécimo compatível às necessidades da Instituição

Por: Cândido Nóbrega

A defensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes, pregou na última terça-feira (30), durante audiência pública que discutiu a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) apresentada pelo governo estadual para o exercício financeiro de 2019, a necessidade de diálogo com o governo e o repasse de um duodécimo compatível às necessidades da Instituição, que em 2017 superou a marca dos 170 mil atendimentos.

Ao se dirigir aos representantes do governo e deputados, Madalena pediu mais sensibilidade com a categoria, que amarga perdas salariais acumuladas em 30% e sofre com o congelamento do orçamento da instituição há quatro anos. A situação, destacou a chefe da DPPB, tem se agravado com a perda de espaços e equipamentos disponibilizados nos Fóruns pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, também vitimado por redução no repasse do seu duodécimo.

O trabalho da Defensoria foi reconhecido durante a audiência realizada pela Assembleia Legislativa da Paraíba por meio do depoimento de Estela Tavares. Ela comoveu a todos com um testemunho de reconhecimento e gratidão pelo atendimento assegurado ao seu pai, que conseguiu na Justiça, através de ação da DPPB, a garantia de medicamentos necessários ao tratamento de saúde.