Conteúdo notícias

» Notícias

Defensoria Pública da Paraíba participa de força-tarefa em Rondônia

Por: Ascom-DPPB

Sessenta defensores públicos estaduais de todo o Brasil vão participar de uma força-tarefa, em Rondônia, a partir desta quinta-feira (25), atuando de forma conjunta em mais de 7 mil processos de apenados. A Defensoria Pública da Paraíba (DPPB) vai colaborar com o programa Defensoria Sem Fronteiras – DSF, enviando as defensoras públicas Alba Neide Máximo da Silva e Cardineuza de Oliveira Xavier.

As defensoras públicas da Paraíba vão ficar duas semanas em Porto Velho, e o término do trabalho está previsto para o dia 7 de fevereiro. “A minha expectativa é a melhor possível, mesmo porque eu amo o meu trabalho em favor dos encarcerados”, comentou a defensora Cardineuza Xavier.

Já a também defensora Alba Neide Máximo acredita que a experiência será exitosa. “Espero que seja um sucesso, assim como foi o ano passado na cidade de Manaus-AM. Eu e Cardineuza daremos nossa contribuição da melhor forma e com o máximo de compromisso possível. A Defensoria da Paraíba pode ficar tranquila com nossa participação nesta força tarefa em Rondônia”, declarou.

Alba Neide Máximo acrescentou que a ação conjunta que será realizada em Rondônia é muito importante. “É um trabalho árduo e intenso, porém, a união e o esforço concentrado de todos os defensores participantes que vão dos vários Estados faz acontecer um avanço tremendo nos processos da Execução Penal que estão carecendo de solução seja para dar continuidade com celeridade ou mesmo solução definitiva”, afirmou.

FORÇA-TAREFA

A força-tarefa está dividida em duas fases: análise dos processos e visita aos internos do sistema prisional e inspeção de presídios. Ao final, será elaborado um relatório para o Ministério da Justiça, contendo dados sobre o resultado do trabalho realizado e um diagnóstico completo do sistema prisional de Porto Velho.